sábado, 9 de outubro de 2010

Cavalas Alimadas

No dia 16 de Outubro comemora-se o Dia Mundial da Alimentação e o Dia Mundial do Pão.

É importante reflectir sobre a influência da alimentação na saúde individual e colectiva.

É importante lutar pela erradicação da fome e da pobreza e por outro lado ter em atenção aos excessos nas sociedades mais ricas.

Todos deveríamos ter o direito a uma alimentação acessível, nutricionalmente adequada, diversificada, culturalmente aceite e sem excessos.

Todos os alimentos são importantes e devem fazer parte de uma alimentação saudável.

O peixe, é um dos alimentos mais controverso. Ou porque não se gosta, ou porque é caro, ou porque tem muitas espinhas, ou porque não "puxa carroça"... há sempre uma desculpa...

Está provado que o peixe é muito importante na alimentação. Normalmente o peixe tem menos gordura que a carne e as espécies mais gordas, principalmente de água fria, são ricas numa gordura designada por omega 3, que é bastante benéfica para a saúde.

O peixe é um excelente alimento para crianças e adolescentes em idade escolar, adultos e idosos.

Hoje vou fazer um peixe bastante económico, com uma carne muito saborosa e rico em gordura considerada saudável (o colesterol bom) - A CAVALA.

O método de confecção que vou utilizar é tipicamente da região do Algarve, e normalmente faz-se com carapaus, também chamados de "chicharros".


Ingredientes:
- 6 a 8 Cavalas pequenas bem frescas
- Sal grosso qb
- Oregãos qb
- Azeite e vinagre qb

Arranjar as cavalas tirando a cabeça e as tripas.

Lavam-se bem e temperam-se com bastante sal grosso de um dia para o outro. Guardar no frigorífico.


Antes de cozinhar, passar por água corrente para tirar o excesso de sal e colocar num tacho com bastante água fervente.

Quando já estão cozidas, retirar para um recipiente com água fria.



Depois limpam-se as cavalas, isto é, com os dedos esfrega-se o peixe, retirando cuidadosamente as peles e as espinhas laterais, ficando o peixe branco e liso.

Com a ajuda de uma faquinha, abre-se o peixe pelo dorso e retira-se a espinha central.

O peixe fica separado em 2 filetes.

Se o peixe ainda estiver muito salgado, deixam-se os filetes imersos por mais uns minutos em água fria.



Depois de bem limpos, colocam-se numa travessa e temperam-se com alho laminado fininho, azeite, vinagre e oregãos a gosto.

Pode-se servir de imediato ou reservar durante algum tempo para ganhar mais sabor.

No Algarve este prato é servido com batatas cozidas e salada de tomate.
Mas é possivel outros acompanhamentos para além da batata cozida, e que são normalmente as couve cozidas ou a salada de pimentos assados.

Aqui em casa, foi com bróculos cozidos a vapor,..., e estáva muuuuuito BOOOOMMM!

Bom apetite.

5 comentários:

  1. Nunca comi cavalas... mas parece ser um peixe bem gostoso.
    Abraços, Daniana
    http://cozinhasemdrama.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Gosto muito de cavala, vou experimentar.
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. É um peixe que gosto muito e confeccionado deste modo deve ficar uma delícia!

    ResponderEliminar
  4. A primeira vez que comi foi exactamente no Algarve e achei genial. É muito bom!

    ResponderEliminar
  5. Muito obrigado por visitares o meu blog e seres uma seguidora.

    Bjs

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita.
Os seus comentários são sempre benvindos.
Volte sempre.
Beijinhos da Belocas

Related Posts with Thumbnails