quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Arroz Doce

Estes dias de Natal foram de grande agitação.
A família toda reunida, muita alegria, muita brincadeira, muitas horas na cozinha...
Entre as minhas iguarias, as da minha mãe e as da minha cunhada, foi um abuso total!
Irei aos poucos publicar algumas destas delícias altamente calóricas.

Mas, neste momento, quero desejar a todos os que visitam este cantinho um Feliz Ano Novo cheio de Saúde, Amor, Compreensão, Paz, e tudo o que mais desejarem para que continuem com boa disposição a visitar os amigos e a partilhar Ricas Iguarias.




Ingredientes:

- 500 ml de água
- 250 gr de arroz (usei Arroz Carolino)
- 250 gr de açúcar (tirei cerca de 30 gr)
- 1,5 l de leite meio gordo
- 1 pau de canela
- 1 casca de laranja
- 1 colher de margarina
- 1 colher de chá de sal
- Canela em pó para decorar

Colocar o arroz em água fria durante 2 horas aproximadamente (a demolhar).

Escorrer o arroz e levar ao lume num tacho com água e sal.

Quando a água já estiver quase seca, juntar o leite a ferver (não deitei todo de uma só vez), o pau de canela, a casca de laranja e a margarina.

Mexer frequentemente para não deixar pegar ao fundo do tacho.

Cerca de 10 minutos antes de apagar o fogão, juntar o açúcar.

Decorar a gosto.

Truques e Dicas:

O açúcar só se junta ao arroz quando este já está bem cozido, para que não fique rijo.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Choco com Tinta

Na blogoesfera, o dia 13 de Dezembro de 2009 foi marcado pelo desafio de Delícias e Talentos, e por um passatempo culinário bem colorido.

O Dia Azul veio, com tristeza, fechar este desafio de cores.

Eu, entrei neste passatempo praticamente no fim, mas gostei muito de conhecer todos os participantes e os seus cantinhos especiais, cheios de iguarias, de criatividade, de conselhos, ...

Fico à espera de novos encontros e novas propostas culinárias.

Mas, o meu dia, não se fez só de Azul, e se tivesse participado no dia da cor preta apresentaria esta receita de chocos com tinta.

Ficam bem pretos, mas bem gostosos...



Ingredientes:

- 2 Kg de chocos congelados de pequenas dimensões e de boa qualidade
- 6 ou 7 dentes de alho
- 1 folha de louro
- 1 malagueta
- 1dl de vinho branco
- Coentros (facultativo)
- sal qb
- azeite qb

Compro os chocos sem estar arranjados. Dá um pouco de trabalho, mas é a única maneira de retirar alguns dos sacos de tinta, que os chocos tem.


Depois de amanhados lavo bem com água e sumo de limão.


Depois, levo os chocos ao lume, numa frigideira com azeite, e junto os dentes de alho cortados em rodas fininhas, a folha de louro, uma malagueta pequena e um pouco de sal.

Ao cozinhar,os chocos ganham muita água.
Deixar apurar e quando começam a fritar juntar o vinho branco.
Começam a ficar com esta cor rosada (na foto nota-se o vapor ...)
Se notar que ainda não estão bem cozidos, deitar mais uns golinhos de vinho.

Entretanto, com ajuda de uma faquinha rebentam-se os sacos de tinta, num pratinho, e diluir a tinta, com um pouco do caldo que se formou, juntando depois aos chocos.
Deixar apurar, mexendo sempre, até o vinho evaporar totalmente.

Por fim, polvilhar com um pouco de coentros picados

Servir acompanhado com batata cozida, legumes cozidos, salada de alface, ou legumes salteados.

domingo, 13 de dezembro de 2009

Farófias com aroma de baunilha e coco em leito AZUL

Mais um dia da Cor.

O Dia Azul chegou.

Uma cor aparentemente difícil, em culinária, mas ao mesmo tempo um grandes desafio, feito pela Mary, do Delícias e Talentos.

A blogoesfera está toda azul com Iguarias lindas.



Ingredientes:

- 75 gr de açúcar (1º açúcar)

- 100 gr de açúcar (2º açúcar)

- 2 ou 3 gotas de aroma de baunilha

- 2 colheres de sopa de amido de milho

- 4 claras de ovos

- 2 colheres de sopa de coco ralado

- Aroma de baunilha

- Corante alimentar azul qb

Batem-se as claras em neve, com a máquina. Quando muito firmes juntar o 1º açúcar e bater um pouco mais.

Põe-se o leite a ferver aromatizado com baunilha, e vai-se deitando colheres cheias de claras. Deixam-se cozer e vão-se virando com o garfo.

Quando as farófias estão firmes retiram-se com a escumadeira e põe-se numa taça, já escorridas.

Quando terminar de cozer as farófias, coar o leite e juntar o 2º açúcar, o coco e o amido de milho bem desfeito. Levar a lume brando mexendo sempre para engrossar sem ganhar grumos.

Quando o creme estiver cozido juntar o corante alimentar azul e mexer bem até ter a cor desejada.

Depois de frio polvilhar com coco que foi misturado com corante azul.


Um Feliz Dia AZUL

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Boleima de Maçã (II)

Como vivo no Alentejo, e aprecio muito a docaria alentejana, trago-vos mais uma receita de boleima de maçã.



Ingredientes:
- 4 Chavenas de almoçadeiras de farinha

- 1 Chávena almoçadeira de óleo (mal medido)

- 1 Chávena almoçadeira de leite

- 1 +1/2 Chávena almoçadeira de açúcar amarelo

- 4 ou 5 maçãs

- 1/2 chávena de nozes picadas (ou um pouco menos)

- 1 Colher de sopa de fermento granulado (tipo Fermipan)

- canela em pó qb


Misturar a farinha com o fermento.

Juntar o óleo e o leite morno e amassar como se fosse pão.

Deixar repousar a massa cerca de 30 a 45 minutos em local quente (deixei dentro do forno com uma temperatura inferior a 50 G e com 1 só resistência ligada).

Entretanto preparar o recheio.

Pelar as maçãs e cortar em meias-luas fininhas (para não óxidarem pode-se deitar umas gotinhas de limão).

Picar as nozes em bocadinhos pequenos.

Forrar um tabuleiro, de alúminio, com papel vegetal, untar com óleo e polvilhar com farinha.

Retirar a massa, dividir em duas partes iguais e com a ajuda de um rolo estender uma das partes e colocar no tabuleiro.

Por cima, salpica-se com açúcar amarelo e canela em pó. Cobre-se com as fatias de maçã, as nozes.


Voltar a polvilar toda a superfície com açúcar amarelo e canela em pó.




Com a restante massa cobre-se toda a maçã.

Com a juda de uma faca fazer um ligeiro vinco na superfície, dividindo a massa em quadrados.


Por fim voltar a polvilhar com açúcar e canela.

Antes de levar ao forno, "borrifar", com água (fazer com as mãos) a superfície da boleima (torna a superfície crocante).


Levar ao forno previamente aquecido, a 170 G cerca de 35 minutos, ou até ficar douradinha por cima (pode verificar com o teste do palito se está cozida).

Servir no próprio tabuleiro ou já cortada aos quadradinhos.



Truques e dicas:

- Como não leva ovos é um bolo baixo.

- Pode levar doce de gila, reduzindo um pouco no açúcar.

- Já fiz com leite de sója

- Normalmente , faço a boleima com 3+1/2 chávenas de farinha de trigo tipo 65 e + 1/2 chávena de farinha integral.

- Não cortar muito no açúcar porque a massa não leva açúcar.

- Usei maçãs "Royal Gala", que tinha em casa, mas também tenho feito com maçãs "Golden" e outras

domingo, 6 de dezembro de 2009

Arroz de Peixe

Este arroz foi feito com o objectivo de "gastar" algum peixe que tinha congelado, e resultou muito bem.

Ingredientes:

- Peixe: usei red-fish (1 médio), solha (2 postas grandes) e delícias do mar (6 barras)

- 300 gr de arroz

- 1 cebola grande

- 3 dentes de alho

- 2/3 de uma lata de tomate (embalagens de 400gr)

- 1 folha de louro

- 3 colheres de sopa de azeite

- 1 dl de vinho branco

- Pimentas em grão (mistura) qb

- Água e sal qb

- Coentros

Deixar descongelar o peixe e amanhar, para não ficar com escamas e barbatanas. Lavar bem com água corrente e reservar.

Picar a cebola e os alhos e levar a refogar ligeiramente no azeite. Juntar o tomate enlatado cortado em pedaços pequenos e a folha de louro.

Deitar o vinho e deixar apurar uns segundos antes de colocar o peixe. Cobrir o peixe com água e temperar de sal e pimenta.

Deixar cozer em lume brando (a solha coze mais depressa, por isso pode-se deitar um pouco mais tarde)

Retire o peixe e reserve. Junte o arroz ao caldo de peixe e deixe cozer.

Limpe o peixe de peles e espinhas e junte ao arroz já cozido. Rectifique os temperos.

Por fim, junte as delícias cortadas em pedacinhos e os coentros picados. Apague de imediato o fogão.

O arroz deve ficar malandrinho (com algum caldo), e pode ser acompanhado de uma boa salada a gosto.

sábado, 5 de dezembro de 2009

Bolo de Iogurte e Laranja

Um bolo muito simples e muito rápido.

Encontrei algures ... tenho um recorte de uma revista ...




Ingredientes:
- 1 Iogurte natural
- 200 gr de açúcar
- 1 dl de óleo
- 1 Laranja
- 3 Ovos
- 150 gr de farinha (usei com fermento)
- 1 Colher de chá de fermento
- Gordura e farinha para polvilhar

Bata o iogurte natural com o açúcar.
Junte o óleo e bata mais um pouco.
Adicione o sumo e a raspa de uma laranja e continue a bater enquanto vai incorporando as gemas uma a uma..
Misture a farinha, peneirada com a colher de chá de fermento, e por fim, envolva as claras batidas em castelo.

Transfira para uma forma de chaminé bem untada e polvilhada com farinha e leve ao forno pré-aquecido a 160 G cerca de 40 minutos.

Fica um bolo pequeno mas muito fofinho.




Comeu-se num ápice ...



Truques e Dicas:
- Bater as claras em castelo com uma pitadinha de sal refinado, ficam mais firmes.
- Desenformar assim que sair do forno.
- Normalmente unto as formas com óleo, mas também pode ser com margarina.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Caldeirada de Legumes Mistos

Legumes quentinhos, óptimos para acompanhamento de pratos de carne, ou para um jantar ligeiro.

Também pode ser considerado um bom prato vegetariano.

Já faço esta receita há uns anos e descobri-a na revista Tele Culinária e Doçaria, Especial Março de 1983. Fiz pequenas alterações.



Ingredientes:

- 4 colheres de sopa de azeite
- 1 cebola grande
- 3 tomates maduros (ou tomate pelado em conserva)
- 1 pimento grande
- Água e sal q.b
- 1 cubo de caldo de legumes de preferência sem glutamatos
- Quanto aos legumes: cenouras, nabos, couve-flor, abóbora, courgetes, couvinhas de Bruxelas, ervilhas, beringela, etc.

Lavar muito bem os legumes e cortá-los em fatias ou aos pedaços, não muito grandes.
A cebola é descascada e cortada em lâminas finas e o pimento em tiras.

Num tacho, deitar o azeite e a cebola e o pimento. Deixar refogar muito ligeiramente, ou se preferir nem refogar e deita logo o tomate picadinho.
Juntar todos os legumes, envolver bem e tapar o tacho e deixar suar um pouco sem líquido.

Entretanto, colocar a aquecer, água suficiente para cobrir os legumes e diluir o cubo de caldo de legumes (ficar mesmo rente).

Deixar cozer lentamente, para que os legumes fiquem bem cozinhados, e não ficarem com excesso de caldo.

Rectificar os temperos (eu não deito sal porque coloco o cubo de caldo que já tem sal suficiente).

Ficam muito saborosos.


Bom apetite

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Fidalgos

Estes são uns bolinhos especiais para mim.

A colega que me os ensinou a fazer já não se encontra entre nós, mas deixou-me como recordação estes docinhos e uma história de vida.



Ingredientes:

- 6 ovos
- 500 gr de açúcar
- 200 gr de margarina
- Raspa de limão
- 1 Kg de farinha com fermento

Começar por bater o açúcar com os ovos inteiros.
Juntar a margarina derretida, a raspa de limão e por fim a farinha.
Envolver bem todos os ingredientes e tender os bolinhos.
Os bolinhos podem ser feitos com diversos feitios como por exemplo argolas, palitos e tranças.
Colocar os fidalgos num tabuleiro untado com óleo ou margarina.
Antes de levar ao forno pincelei com leite e polvilhei com açúcar granulado.




Cozeram a uma temperatura de 180 G, cerca de 15 minutos e na parte mais alta do forno.

Descolar, os bolinhos, do tabuleiro, ainda moles.

Ficam com uma consistência mais "dura" depois de arrefecerem.

Truques e Dicas:

- Pode pincelar , os bolinhos, com gema de ovo antes de irem ao forno.
- Para tender os bolinhos utilize bocados de massa do tamanho de uma noz.
- Deixar os bolos afastados para não colarem.
- Rende cerca de 100 Fidalgos.
Related Posts with Thumbnails