terça-feira, 27 de outubro de 2015

Bifes de peru com pimentos vermelhos


As carnes de peru e de frango são cada vez mais consumidas. 
O fator preço pode ser importante, mas o mais provável é que exista uma preocupação crescente relacionada com a alimentação saudável. 

Já há algum tempo que se procura relacionar o consumo excessivo de carnes vermelhas, com problemas de saúde, nomeadamente cancerígenos e também com o alto teor de gordura e as doenças cardiovasculares.

As notícias divulgadas, ontem, pela Organização Mundial de Saúde (OMS), são que existe uma grande probabilidade de as carnes vermelhas serem realmente prejudiciais para a saúde

 No entanto, até agora ninguém aconselhou a que se  deixa-se de comer seja o que for. 

O importante é fazer uma alimentação o mais diversificada possível, e certos alimentos reservar só para dias de festas. 

Por outro lado, devemos também promover outros comportamentos também saudáveis como a atividade física, o consumo de água, o sono, o ar livre e o sol, enfim tirar o máximo prazer da nossa vida

Eis, então, uns bifes de peru com pimentos que ficam uma delícia, são super fáceis de fazer  e ficam com um visual muito colorido.


Ingredientes:
- 8 Bifes de peru,
- Sal, pimenta q.b,
- 4 ou 5 Dentes de alho picados,
- 3 Tomates maduros,
- 0, 5 dl de Azeite,
- 2 Cebolas, cortadas em meias luas
- 2 Pimentos vermelhos, cortados em tiras finas
- 1 dl de Vinho do Porto

Temperar os bifes com sal, pimenta e os alhos picados e deixe repousar cerca de 1 hora, no frigorífico.
Pele os tomates, corte-os ao meio, retire-lhes as pevides e pique-os muito finamente.

Leve ao lume o azeite, deixe aquecer e junte os bifes. Deixe cozinhar rapidamente, de um lado e de outro. Retire os bifes da frigideira e reserve-os.

Junte a cebola e deixe cozinhar até ficar macia. Depois adicione os pimentos e os tomates. Tempere com sal, pimenta e deixe cozinhar cerca de 5 minutos.



Junte, de novo, os bifes à frigideira, envolva bem todos os ingredientes e regue com o Vinho do Porto.

Tape e deixe cozinhar, em lume brando, mais 5 minutos..

Retire do lume, e sirva decorado a gosto.

O acompanhamento pode ser diverso, batata cozida, arroz, massa ou puré.


Aqui em casa a opção foi acompanhar com arroz branco, e uma rica salada de alface e rúcula.

A receita original encontrei na Revista Ementa da Semana nº 251, de Julho de 2010, e fiz pequenas adaptações.

domingo, 18 de outubro de 2015

Empada de Faisão


De vez em quando trago uma receita com carne de caça.

Hoje, o faisão foi o escolhido para um petisco entre amigos. 

A carne proveniente de aves selvagens tem um sabor diferente da carne de aves criadas em aviários. São normalmente carnes mais magras, com boa quantidade de proteínas, ricas em vitaminas do complexo B, e ainda ricas em ferro e outros minerais. 

O faisão-macho é um pouco maior que a fêmea e tem também menos gordura. 

A empada é uma ótima maneira apresentar aos nossos amigos este tipo de carnes já desossada e ao mesmo tempo ficando suculenta.


Ingredientes para cozer os faisões:
- 2 Faisões
- 1 Cebola
- 1 Cenoura
- 2 Dentes de Alho
- 1 Ramo de salsa
- 1 Folha de louro
- Pimenta em grão
- 1 Cravinho da índia 
- Água q.b.
- Sal q.b.

Ingredientes para o recheio:
- Carne desossada dos faisões
- 50 gr de Chouriço alentejano
- 5 Colheres de sopa de Azeite
- 3 Dentes de alho picados
- 1 Cebola média picada
- 4 Pétalas de tomate seco
- 1 Lata de cogumelos laminados (se possível usar frescos)
- 1 Cenoura grande
- 1 Ramo de salsa
- 1 Ramo de rosmaninho
- Mistura de pimenta moída na hora q.b.
- Malagueta fresca q. b.
- Farinha Maizena Expresso para molhos q.b.
- Sal q.b.
- 2 Placas de massa folhada de compra
- Ovo para pincelar


Cozinhar, na panela de pressão, as 2 aves e os ingredientes indicados.

A carne deve ficar macia. Deixar arrefecer na própria água e desfiar, tentando retirar todos os ossos.

Reservar o caldo onde cozeu a carne de faisão.

Entretanto, picar a cebola, os alhos, cortar o chouriço à rodelas, assim como a cenoura.   

Num tacho colocar o azeite e fritar ligeiramente o chouriço, para perder alguma gordura. Juntar a cebola e os alhos. Deixar refogar um pouquinho.

Juntar a carne desfiada e deixar alourar. Acrescentar aos poucos o caldo de cozer as aves. 

Ir acrescentando as ervas aromáticas, os cogumelos, a cenoura cortada finamente, a malagueta e o tomate seco, também picados.



Quando a carne estiver bem cozinhada, retificar os temperos com sal e pimenta. Deixar apurar e ficar com pouco molho, mas suculenta. Juntar um pouco de farinha maizena só para ligar o recheio.

Retirar do lume e deixar arrefecer antes de terminar a empada.

Usar massa folhada de compra, já em rolo. Esta pode ser usada juntamente com o papel vegetal onde está enrolada.

Com uma das placas forrar uma forma de tarte com fundo amovível.
Deitar o recheio de carne já frio (sobrou alguma carne, que vou utilizar para outro petisco)
Tapar a empada com a outra placa de massa folhada.

Fazer uns enfeites com a massa que sobra. 
Deixar um buraco na massa que permita a saída dos vapores.
Pincelar a massa com ovo batido com uma colher de sopa de água.


Levar a empada ao forno previamente aquecido a 180 G.

Deixar cozinhar a massa de forma a que fique bem lourinha.


Antes de servir deixei arrefecer um pouco e assim que pude fui tirar uma foto,

antes que..... 

Bom domingo para todos os meus visitantes.

Related Posts with Thumbnails