sábado, 25 de abril de 2015

Muffins de Salsichas


Num dia de lanche ajantarado, fiz uns muffins salgados de salsichas.

Simples, práticos e super fofos.

Tive como referencia os muffins feitos pela Andreia, do Blog Gatos e Tachos, mas realizei algumas alterações.

São também ideais para um pequeno almoço, para levar na lancheira para trabalho, ou ainda para o filhote levar para a escola.


Ingredientes:
- 4 Ovos
- 50 ml de Leite
- 70 ml Azeite
- 250 gr de Farinha
- 1 Colher de chá bem cheia de fermento
- 1/2 Cebola picada finamente
- 1 Dente de alho picado finamente
- 1 Lata de salsichas (8 pares)
- 2 Colheres de sopa de salsa picada
- 3 Pétalas de tomate seco
- Sal, pimenta e noz moscada q.b



Fazer um ligeiro refogado com o azeite, a cebola e o dentinho de alho. Temperar com sal pimenta e noz-moscada. Acrescentar o tomate seco picado e envolver.

Juntar as salsichas cortadas em rodelas fininhas e deixar cozinhar por breves minutos. 
Retirar do lume e deixar arrefecer. Juntar a salsa picada.

Bater os ovos com o leite e acrescentar a farinha com o fermento. Bater bem, para que a massa fique homogénea.

Envolver o refogado de salsichas na massa, e distribuir por formas untadas e polvilhadas com margarina e farinha.



Levar ao forno, previamente aquecido, cerca de 25 a 30 minutos, a uma temperatura de 180 G, 

Quando já tiverem douradinhos faça o teste do palito para confirmar se estão bem cozidas, mas sem estarem secas.

Bom Domingo



Granola rica em oleaginosas


Mais uma receita simples e saudável para começar o fim de semana. 

Uma granola crocante e estaladiça, pouco doce, e ideal para começar um dia cheio de energia, com iogurte, leite ou fruta.

Grande riqueza em cereais como a aveia e o centeio, de oleaginosas, como as nozes e as amêndoas,  e ainda de sementes de girassol, sementes de linhaça e sementes de sésamo.

Esta é mais uma das minhas receitas, mas tenho outras aqui e aqui.



Ingredientes:
- 1 Chávena de flocos de aveia
- 1 Chávena de flocos de centeio
- 1/2 Chávena de nozes
- 1/2 Chávena de amêndoas 
- 1/2 Chávena de sementes de girassol
- 1 Colher de sopa de sementes de sésamo (bem cheia)
- 1 Colher de sopa de sementes de linhaça (bem cheia)
- 1 Colher de chá de canela
- 1/2 Chávena de mel
- 2 Colheres de sopa de manteiga de amendoim (bem cheias)
- 1/2 Chávena de sumo de laranja
- 1 Pitada de flor de sal


Numa tigela, misturar todos os ingredientes secos.

Derreter, no microondas, a manteiga de amendoim com o mel, formando uma pasta. Adicionar o sumo de laranja e envolver bem na mistura de cereais e frutas.

Espalhar num tabuleiro, forrado com papel vegetal e salpicar com um pouco de flor de sal.



Levar ao forno, pré-aquecido a 200 G, mexendo de 10 em 10 minutos, para secar de forma homogénea e deixar dourar até ficar crocante (cerca de 20 a 30 minutos)


Depois de arrefecer guardar em frascos herméticos. 

Bom fim de semana.


segunda-feira, 6 de abril de 2015

Ensopado de Javali


Na Páscoa, manda a tradição comer-se borrego. 

Mas, este ano foi diferente, e em vez de borrego, fiz Javali.

Esta é uma carne de sabor delicado e um pouco exótico. Destaca-se por ser uma carne magra com baixo nível de colesterol, elevado valor proteico, pouco calórica e um pouco mais fibrosa e escura que a carne de porco.

A carne de javali e considerada uma carne vermelha, mas talvez possamos dizer que destas é uma das mais saudáveis.

Permite várias formas de confecção, desde estudados, ensopados, assados ou grelhados.

Assim, no almoço de Domingo de Páscoa optei por fazer um ensopado de Javali.

Foi um ensopado e tanto, não houve dieta para ninguém......


Ingredientes:
- 1 Kg de Carne de Javali
- Água, sal, limão q.b.
- Azeite q.b.
- Sal q.b.
- 2 Cebolas médias
- 3 dentes de Alho
- Salsa
- 1 Folha de louro
- 1 Ramo de alecrim
- 1/2 Malagueta vermelha (atenção às partes picantes)
- 1 Colher de sobremesa de colorau
- 1 Colher de café de pimentas em grão (diversas)
- 2 Tomates maduros
- 2,5 dl de Vinho caseiro (de preferência tinto)
-  3 ou 4 Cenouras
- Água quente q.b
- 2 Dentes de Alho
- 1 Ramo de coentros
- Pão q.b.
- Óleo para fritar



Na véspera, cortar a carne em bocados grossos e colocar num alguidar coberta de água com sal e rodelas de limão. Guardar no frigorífico. Desta forma a carne perde algum sangue e vai ficar mais macia.

No próprio dia, deitar azeite num tacho (usei panela de pressão) e corar a carne, lentamente salpicada de sal. Deixar ao lume, virando frequentemente até evaporar a água, que entretanto, vai libertando.

Quando só já existe azeite no tacho, e a carne já está a fritar, retirar a carne e rejeitar esta gordura.

No mesmo tacho, deitar mais azeite, e refogar ligeiramente a cebola, os alhos, a folha de louro e o alecrim.
Juntar o tomate picado, a salsa e a malagueta. Juntar a carne, temperar com um pouco de sal, pimenta e colorau. Deixar cozinhar.

Juntar o vinho e tapar a panela de pressão. Deixar ganhar pressão, e cozinhar durante 5 a 10 minutos. 

Nem sempre a carne de javali necessita de pressão, mas acelera mais o processo de cozinhar, uma vez que é um animal selvagem e normalmente com uma carne mais rija.

Depois de destapado rectificar os temperos e deixar cozinhar lentamente até a carne ficar macia. Ir acrescentando água quente. 

Quando estiver praticamente cozinhado juntar a cenoura cortada em bocados grande.

No final, juntar um molho de coentros e os 2 dentes de alhos picados finamente. 




Enquanto, a carne de javali cozinha, preparar o acompanhamento. 

Fritar o pão em óleo, bem quente, e escorrer.

Fritar batatas às rodinhas e colocar em redor do pão.



Assim que terminar o ensopado, despeje por cima do pão frito.

Decore com mais folhas de coentros.

Sirva quente e se quiser acompanhe com uma salada fresca.



Acompanhe com um vinho tinto, se possível da região Alentejo. 

Não me atrevo a sugerir nenhuma marca....



Ainda pensei em fazer o ensopado numa versão menos calórica, com pão torrado e umas batatas cozidas. 

Mas, fica para a próxima oportunidade de cozinhar javali....




Related Posts with Thumbnails