sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Frango Assado no Forno com Arroz de Açafrão


O fim de semana aproxima-se, e preciso de algum descanso. 
Preciso de recuperar energia, de ter momentos de lazer, de afastar, mesmo que por pouco tempo. algumas preocupações.

Cozinhar pode ser um hobby, e até pode ajudar a descontrair, mas quando temos muitas outras tarefas domésticas para fazer, como limpeza, tratar de roupas, arrumações, compras, organizar refeições para a semana,......
Enfim,......

Não vamos complicar,...., vamos fazer comidas simples saudáveis e sem necessidade de muita mão-de-obra......


Ingredientes:

- 1 Frango inteiro, com 1,500 Kg aproximadamente, partido em quartos
- Sumo de 1 limão
- 2 Colheres de café de sal
- 1 Colher de café de mostarda 
- 1 Colher de café de massa de alho, bem cheia
- 1 Colher de massa de pimentão
- Louro em pó q.b.
- 1 Malagueta seca 
- 1 "Fio" de azeite

- Arroz - Vaporizado
- Salsa,
- 1/2 cebola
- 2 Dentes de alho
- O dobro da medida de água relativamente ao arroz
- Sal q.b.



Fazer uma massa com o 1/2 limão, sal, massa de alho, mostarda, pimentão e louro em pó.
Barrar o frango e deixar descansar cerca de 1 horas.
Antes de levar ao forno, pré-aquecido, regar com um fio de azeite.


Deixar assar cerca da 30 a 40 minutos. 

Quando estiver bem douradinho retirar e espremer a outra metade do limão, por cima do frango.



Entretanto, fazer um ligeiro refogado com  a cebola e o alho, bem picadinho, a salsa e o azeite.

Juntar 1 colher de chá de açafrão e envolver bem no refogado antes de deitar o arroz..

Deixar fritar ligeiramente o arroz e acrescentar a água.

Levar o tacho ao forno, destapado, em simultâneo com o frango.



Enquanto o frango e o arroz terminam de cozinhar, calmamente no forno, prepare uma boa salada, de acordo com o que mais gostar.

As refeições realizadas no forno, são muito facilitadoras quando estamos mais ocupadas, pois permite dedicarmo-nos a outras tarefas para além de cozinhar.

Desejo um bom fim de semana




sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Torta de espinafres com recheio de requeijão, nozes e mel

Quando há poucos dias participei num evento, provei uma torta que considerei fantástica.

Para além do aspeto delicioso, tinha um ar "saudável" e fresco. 

Uma amiga, pediu a receita, ..., fez,..., e partilhou. 

Obrigado à Srª da CM de Sines, que "tem uma mãozinha especial para a cozinha" e que partilha as suas deliciosas sugestões.



Ingredientes:
- 200 gr de Espinafres (ou um pouco mais)
- 3 Ovos
- 2 Colheres de sopa de farinha
- 1 Pacote de natas de culinária ou de soja (200 ml)
- Sal, noz-moscada e pimenta q.b.
- 1 Requeijão, com cerca de 180 gr
- Mel q.b (é bom sentir que tem mel)
- 50 gr de Nozes partidas grosseiramente (ou mais, depende do gosto)


Começar por arranjar os espinafres e escaldá-los em água a ferver temperada de sal.

No liquidificador, deitar os ovos, as natas e a farinha. Bater bem e temperar com sal, pimenta, e noz-moscada. 

Juntar os espinafres escorridos e "dar apenas um toquinho" com o liquidificador, ou seja misturar mas sem deixar demasiado triturado.

Num tabuleiro, forrado com papel vegetal, untado com óleo e polvilhado com farinha, deitar a massa da torta. 

Levar ao forno, pré aquecido a uma temperatura de 180 G, cerca de 20 minutos.



Quando já estiver cozida (fica uma massa muito baixinha), retirar e desenformar em cima de uma folha de papel vegetal.

Espalhar o requeijão, previamente desfeito com um garfo, por cima da massa, polvilhar com as nozes picadas e com a ajuda de uma colher regar/espalhar o mel.

Enrolar a torta e manter com o papel vegetal para levar ao frigorífico.



No momento de servir, retire o papel e enfeite como mais gostar.

Como aperitivo servir em caixinhas de papel frisado. 


Aprecie esta torta, sem medos.....

Bom fim de semana

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Bola de Carne (aproveitamentos)


Na minha casa, é frequente cozinhar um pouco mais do que é necessário para a refeição do momento.

É ótimo para levar no almoço do dia seguinte na minha "marmita", ficar adiantado para o jantar, ou então, transformar em algo completamente diferente.

Na semana passada, sobrou-me um pouco de frango do campo estufado, que foi transformado numa rica bola, perfeita para lanches, ou mesmo refeições ligeiras em casa ou fora de casa.




Ingredientes: 
- 130 gr de Frango estufado desossado
- 100 gr de Chouriço alentejano
- 1 Ramo de salsa picada
- 200 gr de Farinha sem fermento
- 50 gr de Margarina derretida
- 3 Ovos
- 1 dl de leite
- 3 Colheres de sopa de azeite
- 1 Colher de chá de fermento em pó
- 1 Pitada de sal fino
- Manteiga para untar
- Farinha para polvilhar.



Começar por preparar a forma de bolo, untando com margarina e polvilhando com farinha.
Reservar.

Retire a pele ao chouriço, e corte em rodelas finas. 

Desfie o frango retirando com cuidado todos os ossinhos e peles.



Numa taça bater os ovos até obter um creme esbranquiçado.

Adicionar a manteiga derretida juntamente com o azeite, batendo sempre. 

Posteriormente acrescente a farinha misturada com o fermento e o sal alternando com o leite, batendo entre cada adição.

Por fim, misture as carnes e a salsa picada com a massa.



Deitar o preparado anterior na forma, previamente preparada, e leve ao forno a 200 G cerca de 30 minutos, ou até que fique dourado e cozido (espete um palito para verificar se está cozido).

Prontinho, para o lanche escolar, ou para um almoço lligeirinho com sopa e salada de alface.

Para além de ser uma boa maneira de fazer aproveitamento de sobras, temos a vantagem de ser economicamente atraente......

Espero que gostem!!

(Baseada numa receita que encontrei na revista nº 36 da Cozinha Económica de Set de 2013)

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Bacalhau à Brás (com poucas calorias)


O bacalhau é um peixe que permite uma grande diversidade de receitas. 
Tal como as 1001 noites, existem as 1001 receitas de bacalhau...

Mas, o Bacalhau à Brás, deve ser um dos mais apreciados por miúdos e graúdos. 

No entanto, cada vez que faço, esta receita, fico com uma pequena preocupação, o excesso de calorias.

Hoje, a fazer o jantar, com a preciosa colaboração da filhota, introduzimos uma revolucionária variação....

Ficou um jantar bastante mais ligeiro, menos calórico e igualmente delicioso.



Ingredientes:

-1 Embalagem de migas de bacalhau
- 2 Cebolas médias
- 4 Dentes de alho
- Azeite q.b
- 1 Couve coração-de-boi média
- 1/2 Pacote de batata-palha
- 6 Ovos
- Salsa q.b.
- Sal e pimenta q.b.
- Azeitonas q.b.



Demolhar previamente as migas de bacalhau em água, cerca de 3 a 4 horas.
Mudar a água pelo menos 2 vezes. Passado este tempo, desfiar o Bacalhau.

Entretanto, arranjar a couve, e corta em juliana fina.
Arranjar a cebola e os alhos picados.

Lavar a salsa e partir os ovos para uma taça.

Colocar as batatas num coador de rede, e passar por baixo da torneira com água fria,  (arrasta alguma gordura e retira algum sal).

Colocar a refogar no azeite, a cebola e os alhos picados. Temperar ligeiramente com sal e pimenta.

Juntar o bacalhau, em cru, e deixar estufar um pouco. Acrescentar a couve e envolver tudo. Tapar a frigideira, permitindo assim ganhar alguma água que possibilita quer a cozedura do bacalhau quer da couve. 

Não deixar cozinhar muito a couve, para manter alguma consistência, mas deixar cozinhar até evaporar alguma água. Retifique os temperos.

Acrescentar as batatas-palha e envolver tudo.

Por fim, misturar os ovos, previamente batidos com a salsa picada. Mexer frequentemente para que não queimem e para que os ovos fiquem bem passados.



Servir acompanhados com uma salada e algumas azeitonas.

A partir de agora, esta é a nossa opção mais saudável para o Bacalhau à Brás.

Espero que também gostem!


domingo, 1 de fevereiro de 2015

"Humburgueres" de Lentilhas com Legumes Salteados


Dia UM!! 
Mais 1 dia UM!!
Os meses correm.............

Mas, dia Um é também sinal que a "passadeira vermelha" está estendida para um grande desfile de iguarias. 
Hoje, no "Dia Um... na Cozinha" degustamos receitas vegetarianas.

O vegetarianismo é acima de tudo um estilo de vida, uma filosofia, é algo mais do que retirar a carne e o peixe da alimentação. 
Optar por uma dieta vegetariana é frequentemente adoptado para melhorar o estado de saúde. 
No entanto, é preciso conhecer muito sobre os alimentos e os seus nutrientes para conseguir ter uma alimentação saudável e equilibrada. A alimentação vegetariana pode, até ser prejudicial, nalgumas fases da vida, uma vez que pode conduzir a carências em alguns nutrientes, e principalmente para quem não reúne os conhecimentos adequados sobre os alimentos.

Mas o vegetarianismo também apresenta algumas variantes, nomeadamente aqueles que excluem da sua vida todos os produtos de origem animal, os vegan, mas também crudívoros, frugívoros, vegetarianos, ovo-vegetarianos, lacto-vegetarianos, ovo-lacto-vegetarianos.

Desde há alguns anos que o regime ovo-lacto-vegetarianismo me fascina.
No entanto, aqui em casa, não convence toda a família de igual modo. Assim, o truque é utilizar muitos legumes, frutos, cereais integrais, leguminosas, sementes, no dia a dia, e ir introduzindo algumas refeições  totalmente ovo-lacto-vegetarianas.




INGREDIENTES PARA OS HUMBURGUERES:
- 500 gr de Lentilhas 
-Água fria q.b.
-1 Folha de louro
- Salsa
- 100 gr de Nozes 
- 2 Gemas
- 1 Ramo de salsa
- Sal refinado, Pimenta, Cominhos, Caril q.b.
- Pão ralado q.b.

Começar por escolher as lentilhas ainda secas. Colocar numa taça e deixar de molho cerca de 1 hora.
Levar a cozer em água fria, com um pouco de sal, salsa e folha de louro.


Depois de cozidas, escorrer as lentilhas e triturar, grosseiramente, no "123", para que fiquem alguns grãos.

Juntar as nozes trituradas, as gemas e temperar, a gosto, com sal, pimenta e as especiarias.

Juntar o pão ralado até ficar uma massa moldável.

Com a ajuda de pão ralado moldar os "humburgueres" e colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal.

Levar ao forno a assar até ficarem dourados.


INGREDIENTES PARA MOLHO DE TOMATE:
- 4 ou 5 Tomates cacho maduros
- 1 Cebola média picada
- 2 Dentes de alho picados
- 1 dl de Vinho branco
- 2 Colheres de sopa de azeite
- Sal e pimenta q.b.
- Uma pitada de açúcar

- Queijo da ilha ralado q.b (pode ser outro tipo de queijo)

Saltear a cebola e o alho no azeite. 
Juntar o tomate picado, limpo de peles e sementes. 
Pouco depois acrescentar o vinho branco e deixar cozinhar até o molho ficar macio.
Temperar com sal e pimenta, um pouco antes de terminar.

Com a ajuda de uma colher, verter a tomatada em cima dos "humburgueres" e polvilhar com queijo ralado.
Levar ao forno mais uns minutos até gratinar o queijo.


INGREDIENTES PARA OS LEGUMES SALTEADOS:
- 350 gr de Feijão verde
- 300 gr de Cogumelos
- 2 Colheres de sopa de azeite
- 2 Tomates médios sem sementes
- 1 Dente de alho picado
- Sal, pimenta q.b.

Depois de lavar bem o feijão verde, retirar os fios e cortar em losangos. 
Levar a cozer em água e sal, cerca de 8 minutos. 
Escorrer e passar imediatamente por água fria.

Entretanto, lavar os cogumelos e laminar grosseiramente.
Saltear os cogumelos, no azeite, juntamente com o alho picado. Temperar de sal e pimenta.
Os cogumelos não necessitam ser muito cozinhados. Acrescentar os tomates partidos em gomos, sem sementes, e o feijão verde.
Deixar o tomate apenas ganhar calor. Não necessita cozinhar muito. 
O pouco tempo que fica no lume é apenas para envolver os sabores e ficar quente.
Se cozinhar muito, perde as cores dos legumes e alguns nutrientes.



Servir imediatamente os "humburgueres" de lentilhas, acompanhados com a salada de legumes quente, e se quiser um pouco de arroz branco.



E, com esta receita deixo a minha sugestão de uma refeição vegetariana, agradável, colorida, cheia de nutrientes.

Fica também o "logo" do mês de fevereiro do "Dia Um...na Cozinha".


Related Posts with Thumbnails