sábado, 28 de junho de 2014

Sardinhas Assadas com Salada Montanheira com Batata

Chegou o sábado, calmamente e em família vamos fazendo o que gostamos,...

O almoço foi simples e descontraído, ....  mas maravilhoso.  

Não tem nada que saber!!

Já apresentei aqui, uma refeição semelhante a esta, mas todos os anos quando chega a época das sardinhas, repetimos, e repetimos, e re.....



Ingredientes (tudo q.b.):

- Sardinhas
- Sal 
- Tomate, pepino, pimento, cebola, alho
- Batatas cozidas (preferencialmente cozidas com pele)
- Azeite, sal, vinagre 
- Orégãos secos e frescos
- Pão


Temperar as sardinhas com um pouco de sal e deixar repousar cerca de 30 minutos, no frigorífico.

Preparar a salada, picando todos os ingredientes.

Colocar numa saladeira funda e levar ao frigorífico para servir bem fresca.

Antes de levar à mesa temperar com sal, azeite vinagre, e orégãos secos.

Decorar com um raminho de orégãos frescos. 


Entretanto,assar as sardinhas.

Servir em cima de uma boa fatia de pão e acompanhar com a salada, e uma bebida bem fresquinha como uma cerveja.

*****
Em Sines existe uma tradição curiosa e deliciosa. 
No final da refeição, esta fatia de pão é torrada nas brasas - Torradinhas à pescador.
Este pão, untado com a gordura da sardinha, fica simplesmente surpreendente, mas..... altamente calórico.
OK!! consola-me pensar que é Ómega 3.....e que de vez em quando....




segunda-feira, 23 de junho de 2014

Crumble de Marisco

Crumble é tipicamente um doce de origem inglesa. 

Surgiu durante a 2 Guerra Mundial, devido ao racionamento e à falta de ingredientes que habitualmente eram usados nas famosas tartes inglesas.

Algumas frutas como as maçãs, amoras,  pêssegos, entre outras, e um pouco de farinha, aveia, frutos secos, açúcar mascavado, canela e gordura são a base para uma deliciosa sobremesa. 

Mas, a criatividade de grandes mestres arriscam novos ingredientes, novos sabores e novas apresentações do crumble.

Não resisti à sugestão da Revista Magazine, do Continente, do mês de Abril de 2014.

Um crumble de marisco, que fiz como entrada de um almoço de família. 

Um prato rico, simples, não muito dispendioso, uma vez que utilizei marisco congelado, e com algum requinte, que também faz falta no nosso dia-a-dia.



Ingredientes:
- 500 gr de Medalhões de pescada congelada
- 200 gr de Miolo de camarão
- 200 gr de Miolo de mexilhão
- 4 Dentes de alho
- 250 gr de Queijo creme (preferencialmente mascarpone)
- 1 Colher de sopa de vinho branco
- 4 Colheres de sopa de cebolinho picado
- 1 Colher de sopa de salsa picada
- 200 gr de Farinha
- 100 gr de Manteiga
- 5 Colheres de sopa de queijo parmesão ralado
- Sal e pimenta q.b.

Descongelar o peixe e o marisco previamente (de acordo com as orientações da embalagem)
Coloque o peixe, partido em cubos, o camarão e o mexilhão numa taça.
Tempere com sal, pimenta e os dentes de alho picados.
Deixe repousar 15 a 20 minutos.


Numa outra tigela, misture o vinho branco com o queijo.
Misture também, a farinha com a manteiga, à temperatura ambiente, e as ervas aromáticas. 
Amasse, à mão ou com a ajuda de uma batedeira, até ficar com aspeto de areia grossa (crumble).

Num pixex, que possa ir ao forno, colocar o peixe, cobrir com a mistura de queijo e por fim com o crumble.

Polvilhar com queijo parmesão, e levar ao forno cerca de 30 minutos.

Como "entrada", acompanhar com uma salada e com pão torrado.

Bom apetite!

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Beringela com atum

A beringela é um fruto com grande valor nutricional. Rico em minerais, vitaminas, proteínas, fibras e o mais interessante, é pouco calórico.

Cada vez mais utilizo na minha cozinha. 

Fiz um jantar rápido e económico.
O mais importante é que foi do agrado de todos.



Ingredientes:
- 3 Beringelas pequenas
- 1 Cebola média
- 2 Dentes de alho
- 2 Latas de atum em óleo
- 2 tomates (de conserva) e um pouco do caldo
- 3 Fatias de pão triturado (ou se necessário um pouco mais)
- 1 Pitada de açúcar
- Sal, azeite, pimenta e salsa q.b
- Queijo parmesão ou pão ralado
- Óleo para untar um pouco de água

Lavar as beringelas, cortar ao meio e retirar o miolo. Salpicar com sal e deixar repousar cerca de 30 minutos.

Entretanto, refogar a cebola e o alho picado em azeite. Juntar o tomate e o miolo da beringela. 
Temperar com sal e pimenta. Deixar cozinhar.

Juntar o atum e o pão triturado na picadora 123. Envolver bem e antes de retirar do lume acrescentar um pouco de salsa picada.

Passar as beringelas por água para retirar o excesso de sal e deixar escorrer. Untar a pele com um pouco de óleo ou azeite.

Rechear as beringelas e polvilhar com queijo ou pão ralado (depende do gosto).

Levar ao forno a assar, num tabuleiro com um pouquinho de água.

Servir com salada e um pouco de arroz.

Boa semana


segunda-feira, 9 de junho de 2014

Filetes de pescada com arroz de ameijoas


Que o consumo de peixe é muito importante na nossas alimentação já todos sabemos, não só pela sua riqueza em proteínas; pelo valor calórico,  que está diretamente relacionado com a gordura do peixe; e pelo tipo de gorduras fornecido, o omega3.

Surge frequentemente a controvérsia do peixe fresco versos congelado.

Sem dúvida que o peixe deve ser consumido extremamente fresco. Mas este tem frequentemente uma durabilidade muito curta, mesmo quando é mantido no frigorífico (3 a 4 dias). 

No nosso dia a dia, cheio de afazeres, nem sempre é possível ter peixe fresco, pelo que pode ser uma boa opção ter sempre peixe congelado em casa.

Há poucos dias, fiz um delicioso almoço, recorrendo a frutos do mar, que tinha no congelador.


Ingredientes para os filetes:
- Filetes de pescada congelados q.b.
- Leite q.b.
- Sal, Pimenta rosa em grão
- Folha de louro
- Alho q.b.
- Farinha, ovo e pão ralado
- Sumo de limão
- Óleo para fritar


De véspera, descongelar os filetes numa taça cobertos de leite. Temperar com sal, folha de louro, pimenta rosa, alho laminado. Deixar no frigorífico.
Escorrer os filetes e absorver o excesso de líquido com uma tolha de papel.
Passar por farinha, ovo e pão ralado. 
Fritar em óleo quente, e escorrer em cima de tolhas de papel para perder o excesso de gordura.
Ainda quentes borrifar com um pouco de sumo de limão.


Ingredientes para o arroz:
- Cebola q.b.
- Alho q.b.
-Tomate (de conserva) q.b.
- Pimento Verde q.b
- Malagueta fresca q.b
- Sal q.b.
- Azeite q.b.
- Pimenta branca q.b.
- 1 Chávena almoçadeira de ameijoas
- 1/2 Chávena almoçadeira de miolo de camarão
- 1 Filete de pescada cortado em bocadinhos pequenos
- 1 Chávena de chá de arroz 
- 3 Chávenas de chá de água
- 1 Ramo de coentros frescos e poejos  picados


Fazer um ligeiro refogado com o alho, a cebola e a folha de louro.
Juntar o tomate migado, um bocadinho de malagueta vermelha (eliminando algumas sementes) e uma tirinha de o pimento verde.  Temperar com sal e pimenta e deixar estufar mais um pouco.
Acrescentar o peixe e as ameijoas. Deixar suar uns minutinhos e acrescentar água para cozer o arroz.
Quando a água entrar em ebulição juntar o arroz.
Deixar cozinhar.
Quando o arroz estiver quase cozido juntar o miolo de camarão e as ervas aromáticas picadas.
Verifique os temperos e retire do lume.
O arroz deve ficar malandrinho.
Servir com salada de alface e pimento.

Comida caseira, sabores tradicionais....

Boa semana *****

Related Posts with Thumbnails